9 de jan de 2011

FILME "PEIXE GRANDE" [Divagações sobre o filme]

Edward Bloom, um homem e uma história. A história de sua vida. E que bela história, com direito a um gigante e a pescaria do maior peixe já visto combinado ao encontro do amor de sua vida e ao nascimento de um filho. Realmente uma verdadeira história de pescador.

“Peixes dourados têm crescimento limitado quando confinados em um pequeno aquário. Mas quando estão livres em uma área maior, como um rio, por exemplo, podem chegar a crescer até duas vezes mais”. Esta é uma das lições que o personagem principal busca nos dar em certo momento do filme, que posso dizer que é a premissa maior da história dirigida por Tim Burton.

E na minha concepção o que ele quis dizer com isso é que não se pode restringir a mente, pensamentos e sonhos ao mundo fechado e limitado de nossos olhos. Temos que perceber e sentir o que realmente existe e o motivo das coisas existirem. Começar a observar os momentos mágicos que estão ao nosso redor e não reparamos. Ser capaz de fazer a própria vida e um dia ter orgulho de contar a própria história, mesmo que seja fantasiosa, mas aos próprios olhos deve ser a melhor história que poderia ser contar.

Que graça teria nascer, crescer, viver algumas aventuras e morrer? Somos atores em um grande palco, então por que não viver um real conto de fadas?

Não estou em nenhum momento falando em viver uma mentira ou viver na mentira, e sim uma verdadeira história de vida, onde você pode ser capaz de lutar uma guerra e voltar para casa onde terá um amor a sua espera. Viver uma vida onde você pode conhecer um gigante e uma bruxa sem ter medo e pescar o único peixe que ninguém nunca conseguiu pescar. E após tê-lo em suas mãos, simplesmente devolvê-lo ao seu lugar de origem, ao rio, em um gesto de incrível entendimento e compreensão mútua.

Mais do que viver é preciso aprender com as coisas que aconteceram na nossa vida. Tudo é uma questão de como as coisas são observadas e analisadas, para assim construirmos a nossa história e nos tornar um Peixe Grande, onde a realidade pode se misturar com a ficção, mostrando uma nova visão de coisas que poderiam ter sido. Mesmo que não tenham chegado a acontecer.





 Filme Baseado no livro: Big Fish - Peixe Grande de Daniel Wallace

2 comentários:

  1. Estou bastante curioso pra ver esse filme já há algum tempo. Tim Burton não é meu diretor preferido, mas gosto do tom sombrio, onírico e meio de conto de fadas dos seus filmes.

    Abraços

    Augusto
    gatosmucky.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Esse filme é, pra mim, o melhor filme de Burton. Sério.

    ResponderExcluir