21 de dez de 2008

Descoberta. As Várias Faces do Espelho.



Descobri o resultado de ter fé.
Mesmo sem me enclausurar em uma Igreja.
Descobr
i a sensação do amor de verdade.
Que resolvi agarrar quando tive a oportunidade.

Descobri que no fim do arco íris existe mesmo um tesouro.
Igual ao que existe no final da toca do coelho.
Descobri os dons e o quanto eles valem.
São cristais preciosos, porém que se quebram em pedaços com facilidade.

Descobri o significado da palavra saudade, que é inerente ao nosso “eu” .
Assim temos muito mais propriedade ao senti-la.
Descobri um mundo de ofertas.
Um mundo onde é o modo de observar que fará a diferença.

Descobri a essência da vida e o quanto ela é maior do que todas as dores.
Descobri o valor da amizade, do afeto e da paixão
sem precisar ser superior aos que não estão comigo.
Estou descobrindo tantas coisas.

E só agora, depois de tanto tempo começo a sentir o real.
Tantas coisas que não queria ver... e agora vejo.
Vejo o que está além do reflexo do espelho.

Como é bom ter pessoas mágicas na nossa vida.
Pessoas que não querem modelar o nosso destino, e sim,
nos mostrar que às vezes tudo esta lá – bem dentro de nós.

Tudo aquilo que você sempre procurou.
Aquilo que te alfineta a mente a todo momento.

28 de set de 2008

Um Sorriso para Desanuviar




Vivemos em um mundo
onde o que impera é a indústria da beleza.
Academias de ginástica em todos os lugares,
Já foi no salão de beleza hoje?
Suas unhas têm que estar impecáveis!
E não se esqueça de dar escova em seus cabelos.



Ah! Como pode tanta busca por essa falsa perfeição.
Sim. Também estaria mentindo se não me enquadrasse aí,
nesse conglomerado fictício imposto pelos meios de comunicação.
Mas hoje quis algo diferente.


Um sorriso para desanuviar.
Um sorriso para nos lembrar.
Um sorriso para fazer com que voltemos a pensar.
Um sorriso para fazer-nos levantar.
Um sorriso para mostrar...

... que ainda vale a pena levantar
... que ainda vale a pena acordar
... que ainda vale a pena.

Ah! cansei de ter pena.
Isso não anda adiantando muito.

Ah! se ao menos eu pudesse...

Pelo menos por um momento.
Pelo menos por esse breve momento..
Ter um sorriso para me desanuviar.


Imagens: Internet

27 de ago de 2008

Canção de Ninar

Durmam inocentes crianças, que agora uma história eu vou lhes contar.
O homem grande um dia acordou, levantou e partiu,
e de sua jornada nunca mais voltou.
Foi para o mundo dos sonhos
e lá a sua própria vida e a sua razão de viver
uma lenda se tornou.


Imagem: Autor Desconhecido [Internet]

19 de jul de 2008

Entre o Abismo e a Montanha

É uma difícil questão de escolha. E uma questão de escolha individual.
Cair é muito fácil. E subir muito complicado.
Mas a nossa escolha só poderia ser a Montanha,
pois já vivemos em uma constante queda para o Abismo.
Um Abismo de sentimentos impuros.
Um Abismo interno e sem almas.
Um Abismo sem cor ou eco.
Um Abismo feito de nada.
Este é o mundo do qual nos encontramos
Mas quem sabe um dia,quem sabe com suas mãos não resolva segurar em algum lugar
Para assim não cair rumo ao infinito
E com toda a sua força subir de volta ao topo do Abismo.
Mas lembre-se:
Ao sair do Abismo ainda existirá a Montanha para ser escalada.

24 de mai de 2008

Mais que um Pôr do sol.

Olhando pessoas se escondendo atrás de óculos de sol
Não posso distinguir o que há em seu interior.
Nem mesmo a sua alma escondida sob esta camada escura.
E antes eu via tudo tão real e vivo.

Olhando olhares cegos ao meu redor
e ruas desertas sem sinais,
sem histórias de crianças alegres
Eu tento esquecer,
mas este louco coração novamente se perde.

Eu ouço vozes que me indicam o caminho a seguir.
Mas como saber distinguir o caminho?
O caminho por esta cidade invisível.

Eu tentei esquecer o pôr do sol e não pude.
Foi ele quem me trouxe você.

Eu tentei esquecer o pôr do sol e não pude.
E é quando o sol toca o mar que eu sinto a sua promessa ser cumprida.

Mas esta cidade continua invisível.

Não há o que ver quando não há o que querer


Foto: http://www.1000imagens.com/foto.asp?idautor=1165&idfoto=101&t=&g=&p=2

28 de abr de 2008

Além da Janela [Nossos Sonhos. Nossa Vida]


Um dia acordei e decidi deixar de sonhar.
Quando deixei de sonhar, o sonho também me deixou.
E quando o sonho me deixou, deixei de amar.


No dia que deixei de amar, o amor também me deixou.
E assim que o amor se foi...
Bom, nem sei.


A partir daí minha história teve um fim.


Foto: Autor Desconhecido [Internet]

15 de abr de 2008

Meu Querido Espelho meu.

Espelho meu.
Você poderia dizer-me como nutrir minha bela juventude para todo o sempre? Por favor espelho meu, conte-me o segredo que nunca foi revelado. Prometo nunca abrir minha boca para expor isso a ninguém.

Conte-me o segredo espelho meu. Por favor, proteja a minha beleza. Minha pele aveludada e branca. Se assim quiser pode tomar minha alma, espelho meu. Mas me diga como me manter jovem para todo o sempre meu querido espelho, espelho meu.

Eu encontrei a eternidade? O que seria a eternidade? Ó espelho meu, me mostre a minha verdadeira face. E no final, me guie para a eternidade.

Mas não se esqueça espelho meu. A minha perfeição é a minha necessidade.



22 de mar de 2008

As razões de ser do Vento.

Estávamos ali tão tranqüilas e bonitas, sempre vislumbrando a incrível paisagem e os seres estranhos que transitavam por aqui cotidianamente. Quando tudo tomou um rumo totalmente diferente.

Que mão é essa que escreve o nosso destino e nos faz caminhar por caminhos tão adversos? O que seria o certo e o que seria o errado se não somos capazes de entender o sentido, o porquê das coisas acontecerem ou deixarem de acontecer?

Eu vi essa mão criar uma pétala de rosa e um céu cheio de estrelas. Vi e criei muitos sonhos nos formatos das nuvens que estão no céu. E com o passar do tempo vi os mesmos sonhos se perderem em meio às confusões da qual o destino sempre me colocava.

Arrancaram-me da minha árvore mãe. Tiraram-me uma parte e em um simples sopro todos os que viviam comigo tomaram rumos diferentes, totalmente contrários, e naquele momento muito contraditório.

Mas não tinha como eu entender ou saber, somente a vivência de determinada situação pode te levar a crer. Os caminhos podem ter sido diferentes, mas o final foi o melhor que poderia acontecer para todos.

Às vezes devemos deixar o vento nos guiar e não nos preocuparmos com o que nos espera. Por que mesmo que seja de forma casual e inesperada, se tem alguém soprando é por que tem algum motivo.

Como disse Bob Dylan na música "Blowing in the wind": [Quem tiver a oportunidade ouça a música, é muito bonita.]

“The answer my friend is blowing in the wind
The answer is blowing in the wind.”
[A resposta meu amigo esta soprando no vento
A resposta está soprando no vento.]
Imagem [Fonte desconhecida - Internet]

15 de mar de 2008

O Ciclo da Vida. [Qual seu real Sentido?]

“A coisa mais injusta sobre a vida é a maneira como ela termina.
Eu acho que o verdadeiro ciclo da vida está todo de trás pra frente. Nós deveríamos morrer primeiro, nos livrar logo disso. Depois disso viver num asilo até ser chutado pra fora de lá por estar muito novo. Ganhar um relógio de ouro e ir trabalhar.
Então você trabalha quarenta anos até ficar novo o bastante pra aproveitar sua aposentadoria. Aí você curte tudo, bebe bastante, faz festas e se prepara pra faculdade.
Você vai para o colégio, tem várias namoradas, vira criança, não tem nenhuma responsabilidade, se torna um bebezinho de colo, volta pro útero da mãe, passa seus últimos nove meses da vida flutuando...
E termina tudo com um ótimo orgasmo!
Não seria perfeito?” [Autor - Charles Chaplin]
- - - - - - - - - - - -- - - - - - - - - - - -- - - - - - - - - - - -- - - - - - - - - - - -
Como seria bom. Tudo acontecendo para nos satisfazer plenamente. Seria esta a sensação de estar no paraíso?
Mas pensando bem, será que ficaríamos satisfeitos com tamanha perfeição? Será que essa vida de transgreção seria aquele "feeling" especial que tanto buscamos? Será que teríamos o prazer de ir desaprendendo as coisas? Será que suportaríamos um grande amor ser esquecido? Por que, se vamos amadurecendo e aprendendo com o passar dos anos, certamente desaprenderíamos e esqueceríamos as coisas vivenciadas ao regressar para a idade infantil.
E será que aguentaríamos perder tudo o que conquistamos?
Não tenho as respostas. Qual seria o sentido da vida? Seguir sempre a seta que indica uma direção? Aceite as verdades que a vida lhe mostra. Você vai envelhecer, mas acima de tudo saiba de uma coisa: você teve, tem e terá o prazer de viver.

*Este texto de Chaplin é um excelente ponto de vista. Ele faz agente pensar. E será que ele quis nos mostrar que o melhor seria mesmo ir no sentido contrário da vida e acabar como um orgasmo, ou seria exatamente para nos fazer pensar que o melhor seria o oposto do que ele escreveu? Nos fazer pensar e analisar sobre o que realmente importa durante nossa vida. Ou ainda poderia querer nos mostrar que para podermos viver é necessário morrer, necessário eliminar todos os nossos falsos conceitos, para assim poder nascer de novo. Não sei. Grandes gênios têm dessas coisas.

10 de mar de 2008

Árvores Morrem em Pé


"Ainda me lembro, era somente um broto em um pedaço de terra de tamanho infinito com uma limitada visão. Nossa, quanto tempo já passou desde quando cheguei aqui e resolvi fixar as minhas raízes. Será que fiz o certo dedicar toda a minha vida a este lugar tão restrito? Será que não seria melhor ter nascido uma flor e ter vivido somente uma primavera? "

"Não minha cara amiga. Você não precisa ter a visão de todo o mundo para poder fazer parte dele. Você se alimentou da mais pura energia para poder crescer. Você bebeu uma parte de todos os lagos do mundo. Somente você pôde sentir a mudança e o cheiro dos ventos. Lembre-se que foi você quem viu o nascer e o pôr-do-sol. E foi você quem serviu de sombra e abrigo para homens, mulheres e crianças nos tempos de muito calor ou quando a chuva em sua inocente ironia pregava uma peça em algum viajante desprevenido.

Ó bela amiga. Só você teve o privilégio e humildade de ceder uma parte de si para que os pássaros pudessem fixar seus ninhos. E foi a primeira a ouvir o cantarolar dos filhotes ainda sem penas. E sei, que quando chegava a hora de aprenderem a voar, você é quem dava aquele empurrãozinho naquelas pobres criaturas, que logo após seguiam em gracioso vôo.

Você não está perdendo sua vida e beleza, está voltando para a sua origem. Não se sinta inútil, e sim como se já tivesse cumprido o seu papel perante a natureza. E agora esta deixando de ser uma árvore para simplesmente ser.

Suas raízes profundas não o são somente para te prender neste local por toda a eternidade, foi com a ajuda dela que você pôde usufruir de todas as maravilhas. Foi através dela que você se sustentou e enfrentou tornado e furacões. E foram suas raízes fortes que fizeram você se erguer, se manter e sobreviver e permanecer não por uma primavera, e sim por várias estações."

------------------------------------------------------------------------------------

Criar raízes em um local pode não parecer tão bom. Mas será que sair e esquecer as próprias raízes é algo válido? Ainda continuo buscando respostas. E estas respostas só trazem mais
perguntas.....
Imagem: [Fonte desconhecida / internet]

2 de mar de 2008

A Chave da Felicidade


Ao abrir o livro da vida, você pode se deparar com todos os tipos de medos. Mas será folheando suas páginas que você encontrará a verdadeira chave da felicidade. Então seria muito mais interessante nunca parar de buscar o verdadeiro significado de sua vida nas páginas deste gigantesco livro. Que certamente está aí ao seu lado, em alguma gaveta. E será em um momento de puro acaso que você perceberá que a verdade e reflexo do seu coração sempre estiveram diante de seus olhos.

Leva-me Contigo!!!


- Leva-me contigo?
- Sim.
- Me leva por toda eternidade?
- Sim eu levo.
- E nas Noites de frio, você me dará o seu calor?
- Sim.
- Uhmm. Mas somos somente sementes ainda nao é?
- Sim.
- Então a qualquer momento, quando encostarmos na terra, para sempre ficaremos separadas. Cada uma em um canto. Somos dependentes do vento, que muitas vezes nos faz tomar rumos desconhecidos.
- Sim. Somos dependentes do vento. Ele é nosso guia. E só nos resta obedecer as suas vontades.
- Então por que me prometeste a eternidade junto a ti, se sabes que não seria possível?
- Te prometi a eternidade por que juntas nos tornamos um só corpo. Ele nos levará, mas ele não tem o poder de nos separar.
- Não entendi. Como isso seria possível?
- Eu vou me agarrar a você de tal forma que juntas iremos com o vento.
- Sim!!! E desta forma, juntas voeremos pelo céu e juntas tocaremos a terra.
- E juntas as nossas raízes crescerão, se entrelaçando de tal forma que nos tornaremos uma só alma.
"E juntas afirmaram"- Para sempre.



Foto: [http://www.1000imagens.com/foto.asp?idautor=1264&idfoto=13&t=&g=&p=]

27 de fev de 2008

De onde vem e para onde vai a inspiração?

Meu pensamento é uma canção,
talvez de amor, talvez não.
Em forma de eternidade e notas sem razão...
...meu pensamento se torna mais uma canção.

E o que era somente pensamento,
idéias soltas sem sentido ou mesmo direção,
para alguns, hoje, é mais do que uma simples canção. [R.Martuchi]
.
*Todos os direitos reservados. Caso se interesse, peça. Obrigado pela visita